Quantos pixeis tem a alma de uma fotografia?

by

© Paula Aguiar - É a neve a cair ou são as almas a subir?

Como fotógrafo, é muito gratificante ver que as actividades que organizo dão belos frutos.
Falo das imagens dos participantes, que me vão surpreendendo com novas formas de olhar aquilo que eu pensava conhecer bem.

© António Lousada - Uma poça gelada é um universo de possibilidades.

Não me canso de dizer que a boa fotografia é, sobretudo, saber olhar. A técnica também deve lá estar, claro, mas sempre que uma imagem me chama a atenção, não faço questão de saber se foi captada com prioridade à abertura ou em automático, ou qual o equilíbrio de brancos utilizado. Uma boa foto é uma boa foto. Ponto.

© Rui Aguiar - E quanto à perspectiva, há quem olhe para cima...

© José Miguel Vieira - ...e há quem olhe para baixo!


As imagens que alimentam as galerias dos passeios, no nosso site, provêm de uma diversidade incrível de pessoas, faixas etárias, conhecimentos técnicos e equipamentos. Qual foi captada com uma compacta e qual corresponde ao olhar de um amador experiente? Tem a certeza que consegue acertar? Pois olhe que estas páginas estão minadas de surpresas.

© Carlos Silva - Quem disse que à noite não há luz?

Este post vive do olhar atento de alguns dos participantes no “Inverno em Sanábria”, realizado no último fim-de-semana de Janeiro. Como sempre, o grupo era heterogéneo, e eu não escolhi quem iria estar aqui representado. Aqueles que tiveram tempo para enviar imagens, estão cá (e realmente eu não dei muito tempo!).

© Isabel Neves... Ou a paisagem como espelho do próprio nome.

© Afonso Silva - Uma outra interpretação do carvalhal.

Nesta confusa e cruel era de pixéis e bytes, é reconfortante saber que o que conta, acima de tudo, é alma da fotografia, e que a tecnologia não substitui a pertinência do olhar. Não sei se estão a ver…

© Jaime Silva - San Ciprián, como num postal de outros tempos.

Anúncios

5 Respostas to “Quantos pixeis tem a alma de uma fotografia?”

  1. ruimnm Says:

    De facto, a qualidade de uma fotografia não se mede pelo número de pixeis, o que importa é a alma de fotógrafo de quem dispara no momento e ângulo certo.

  2. istambul5dias Says:

    Boas fotografias enquadradas por um bom texto. Não há melhor combinação!
    Manuela

  3. Pedro Ferreira Says:

    Grandes trabalhos temos aqui expostos…

  4. Ruben Vicente Says:

    Excelentes perspectivas! Ainda hei-de arranjar tempo para ir com vocês a Sanabria, tem ar de que promete =)

  5. Antonio Vasco Costa Says:

    Caro António, que selecção de imagens. Todas com muita alma. Parabéns aos participantes. Continuo a alimentar a esperança de participar num dos teus passeios fotográficos. Abraço, António Vasco

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: